Maneiras eficazes para evitar a evolução do ceratocone

Maneiras eficazes para evitar a evolução do ceratocone

Ceratocone é uma doença ocular que se caracteriza pela deformidade da córnea, deixando de ser esférica para sobressaltada em formato afunilado, como um cone, por isso o nome. A doença é progressiva e pode causar outros problemas, como alto grau de astigmatismo que podem não melhorar com uso de lente de contato ou óculos.  

O QUE OCASIONA A DOENÇA?

Ainda não se sabe exatamente o que pode ocasionar o ceratocone, mas provavelmente por muitas possibilidades diferentes.  

Como várias doenças, o ceratocone pode ser herança dos pais, mas muitas pessoas com a doença podem não ter histórico na família. Isso pode ocorrer pelo fato de os parentes serem mais saudáveis ou pela doença ser mais leve ou não ter progredido. 

Normalmente diagnosticada na infância até a juventude, antes dos vinte anos. Em exames convencionais pode ser percebido a alteração frequente da prescrição de óculos e o aumento do astigmatismo gradativamente.  

Com o passar dos anos a doença tende a se agravar, sendo necessário o uso de lentes rígidas ou várias alterações de grau.  

Com algumas pessoas pode acontecer edema (acúmulo anormal de líquido) da córnea, de forma aguda, que pode se normalizar em algumas semanas. 

CERATOCONE: COMO EVITAR O AVANÇO?

Como dito antes, a doença progride com o passar dos anos.  

A simples ação de coçar os olhos com frequência pode acelerar a progressão da doença. 

Não é uma doença simples, podendo acarretar, inclusive, na perda da visão em sua forma mais grave. 

Após diagnóstico com o oftalmologista pode ser indicado alguns tratamentos, dependendo também da gravidade do problema.  

Algumas das opções de tratamento são: 

Ainda no início, o ceratocone pode ser tratado com o uso de ÓCULOS ou LENTE DE CONTATO. Lentes modernas já oferecem melhores resultados, com mais segurança e conforto. 

Uma outra alternativa é o procedimento chamado de CROSSLINKING DE COLÁGENO, a técnica consiste no endurecimento da parte anterior da córnea com aplicação de vitamina que estimula ligações nas moléculas de colágeno para estabilizar a doença de ceratocone.  

Para ajustar o formato da córnea pode ser indicado ANÉIS INTRACORNEANOS, procedimento técnico que inclui a inserção de anéis de acrílico desenvolvidos para adiar uma cirurgia.  

ANEL INTRAESTROMAL, normalmente usado quando outras alternativas não se mostram satisfatórias, o anel intraestromal é implantado no estroma da córnea e regulariza as deformações por doenças do tecido ou diminuir e até corrigir problemas de refração.  

Utilizando o LASER DE FEMTOSEGUNDO, sendo a alternativa mais avançada em cirurgias de córnea nas últimas três décadas, em vez de lâminas de corte utiliza pulsos de luz. Mais seguro e preciso, garante uma rápida recuperação para o paciente. Também comprovada sua eficácia para a cirurgia de transplante de córnea.  

Os anéis mantém a integridade do órgão e pode até ser substituído ou reposicionado e o resultado se mantém através de muito tempo. 

Sempre que achar que tem algo errado com a sua visão, consulte o oftalmologista. A pessoa mais indicada para diagnosticar, avaliar a fase da doença e passar o tratamento mais adequado é ele.  

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *