Catarata: Entenda como essa doença pode estar prejudicando a sua vida

Catarata: Entenda como essa doença pode estar prejudicando a sua vida

Doença da Catarata

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a catarata atinge cerca de 20 milhões de pessoas em todo o mundo. A doença é caracterizada pela opacidade do cristalino que provoca baixa visão e dificulta algumas simples tarefas do cotidiano, tais como: ler e dirigir. Além disso, quando não tratada, pode até mesmo causar a cegueira.
Aqui no Brasil, também segundo dados da (OMS), a catarata é a principal causa de cegueira, quase 50% dos casos. Em seguida, aparecem glaucoma (15%) e retinopatia diabética (7%).

A catarata é progressiva e vai deixando o cristalino embaçado, até a pessoa passar a enxergar bem pouco. Antes disso, entretanto, ela já perdeu autonomia para fazer suas atividades diárias, trabalhar e até mesmo se locomover sozinha. Por conta disso, é importante prestar atenção em sintomas comuns e consultar um oftalmologista tão logo comecem a surgir “nuvens” embaçando a sua visão.

IDOSOS QUE SE SUBMETEM A CIRURGIA DE CATARATA VIVEM MAIS, RELATA ESTUDO:

Uma recente pesquisa publicada pela revista científica JAMA Ophthalmology, uma das principais revistas de oftalmologia do mundo, aponta que a cirurgia de catarata pode aumentar a longevidade. O estudo é baseado no acompanhamento de mais de 74 mil pacientes com catarata por mais de 20 anos.

De acordo com a pesquisa, os pacientes que passaram pela cirurgia de catarata apresentaram menor mortalidade ligada a doenças vasculares, neurológicas, pulmonares, infecciosas, câncer e também às relacionadas a acidentes. Os pesquisadores adiantam que esse é o primeiro estudo e que virão outros, mas a diminuição da mortalidade relacionada à cirurgia de catarata é algo que já foi comprovado.

Além das causas para essa diminuição no risco de mortalidade entre os que tiveram a catarata removida cirurgicamente, também devemos considerar fatores plausíveis que incluem melhor condicionamento físico e emocional, maior otimismo e autoconfiança com a recuperação da visão e da independência.

PRINCIPAIS SINTOMAS DA CATARATA:

Logo em seu início, a catarata pode ser assintomática. Esses sintomas fazem-se sentir de uma forma mais ou menos intensa, dependendo do grau de opacificação do cristalino. Porém, geralmente, são mais acentuados quanto maior for o nível de opacificação do cristalino.

Os principais sintomas são:

Baixa gradual e progressiva da visão;

Visão de objetos que parecem estar amarelados, embaçados, borrados ou distorcidos;

Dificuldade para se locomover à noite ou em cômodos com pouca luz;

Sensação de ofuscamento da visão na presença de muita claridade;

Stress intenso e falta de interesse pelas atividades do dia a dia.

Apesar de o principal fator de risco estar relacionado à idade, outras situações podem contribuir para a formação da catarata, como: diabetes, trauma ocular, uso de determinados medicamentos de uso contínuo, consumo excessivo de álcool, superexposição ao sol e fumo, entre outros.

A cirurgia de catarata é um procedimento cirúrgico que visa o tratamento da catarata ocular. O único procedimento ou tratamento disponível para a catarata ainda é a cirurgia.
Gostou do nosso conteúdo? Assine nossa lista e receba mais conteúdos sobre a saúde dos seus olhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *